Campos Gerais

A MAGIA E BELEZA DOS CENÁRIOS NATURAIS

Visitar os municípios da região turística paranaense dos Campos Gerais é se encantar com as maravilhas que a natureza proporciona. Entre áreas verdes de preservação, cânions e cachoeiras, o turista terá muitos momentos de lazer e contemplação junto à família e amigos.

Não se esqueça de conhecer também os templos religiosos e saborear as delícias gastronômicas; assim, você aproveita a região em uma experiência completa.

 

Mapa Campos Gerais


 

Parque Estadual de Vila Velha, Ponta Grossa
Parque Estadual de Vila Velha, Ponta Grossa - Foto: Pref. de Ponta Grossa

 

O QUE FAZER

Ícone Igrejas

TURISMO RELIGIOSO

Para renovar a paz espiritual, é possível encontrar pela região diversos templos cristãos, como as capelas de Guadalupe e Santa Terezinha, em Carambeí, e de Vieiras, em Palmeira. O Morro do Cristo, em Castro; o Santuário de Nossa Senhora das Brotas, em Piraí do Sul; e o Olho D’Água São João de Maria, em Tibagi, também são locais que merecem visitação.

Outros ambientes propícios para reflexão e renovação da fé são a Catedral de Sant’Ana, a Mesquita Islâmica e o Mosteiro da Ressurreição, em Ponta Grossa, além do Santuário Senhor Bom Jesus da Pedra Fria e a Santa do Paredão na Serra Velha, ambos em Jaguariaíva.

Independente da religião, visitá-los é sentir as energias se renovarem por meio da espiritualidade.
 

Capela do Senhor Bom Jesus
Capela do Senhor Bom Jesus, Palmeira - Foto: Pref. de Palmeira

 

Ícone Paraglide

TURISMO DE AVENTURA

O turista que respira adrenalina irá apreciar os passeios pelos Canyons do Rio Jaguariaíva; cachoeira Arco Íris, em São João do Triunfo; Cachoeira do Rio São Jorge, em Ponta Grossa; e na Cachoeira da Fenda, em Castro, cidade onde vale a pena visitar também a Caverna Olhos D’água. Além do Canyon, em Jaguariaíva é possível se aventurar no aquatrekking pela Trilha do Lago Azul.

Em Tibagi, os Morros do Jacaré e da Comuna são bastante procurados pelos esportistas do voo livre. Já o rio que corta a cidade e leva o mesmo nome atrai turistas de diversas partes do país e do mundo para a prática do rafting.

A montanha da Pedra Branca, em Ortigueira, é ponto de encontro para quem aprecia uma bela paisagem e quer se aventurar no parapente.

Não importa se você prefere as atividades radicais ou apenas apreciar a vista, muitas emoções o aguardam nesses cenários magníficos.
 

Rafting
Rafting, Tibagi - Foto: Pref. de Tibagi
                  
Cachoeira do Corisco

 

ECOTURISMO

A contemplação da natureza.

Na região, é possível conhecer as belezas da fauna e flora nos passeios pelo Parque Estadual do Cerrado, localizado entre as cidades de Jaguariaíva e Sengés; no Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi; no Parque Municipal do Buraco do Padre e no Parque Estadual de Vila Velha, ambos em Ponta Grossa.

Já para o turista que gosta de trilhas, o Parque Ecológico da Klabin, em Telêmaco Borba; a Fazenda São Damásio e a Reserva Particular do Patrimônio Natural Itaytyba, ambas em Tibagi, proporcionam um ótimo passeio pela mata.

Reúna a família e amigos e aproveite para registrar os momentos de lazer em imagens inesquecíveis.

 

 
Ícone Turismo Rural Fazenda

TURISMO CULTURAL E RURAL

Na região, o turista pode encontrar diversos locais que relembram o período de colonização, como o Moinho Holandês e o Museu da Colonização Holandesa, em Arapoti; a Colônia Castrolanda, em Castro; a Colônia Witmarsun, em Palmeira, além de vários museus e Casas de Memória.

As fazendas históricas remetem também ao período do tropeirismo, tanto pela culinária quanto pelo artesanato em palha de milho e lã de carneiro. Certamente visitar esses locais rende boas imagens e momentos de descontração para toda família.

                  
Centro Cultural da Castrolanda
Centro Cultural da Castrolanda, Castro - Foto: Maysa Carolina Rabbers

 

 

COMO CHEGAR

O acesso até as cidades da região é facilitado pelo Aeroporto Sant’Ana, em Ponta Grossa, que recebe voos nacionais regulares. Se a opção for terrestre, as rodovias PR-092, PR-239, PR-151, PR-160, PR-340, PR-090, BR-376, BR-277, BR-153 e Rodovia Transbrasiliana ligam os municípios a outros pontos do país. Pela terra ou pelo ar, os encantos dos municípios farão valer a pena o tempo de viagem.

ONDE FICAR

Na hora de repor as energias, o turista encontra na região hospedagem para todos os gostos e bolsos. Seja nas pousadas e hotéis das áreas urbanas ou nos chalés e espaços de camping em meio à natureza, conforto e aconchego garantem boas noites de sono.

 

 

Gastronomia
Fotos: Acervo ADETUR / Paraná Turismo

 

 

GASTRONOMIA

Quando a fome bater, diversas opções de lanchonetes e restaurantes proporcionam ao turista conhecer um pouco da cultura regional. Durante os séculos XVI e XVII, pelas estradas da região dos Campos Gerais, era comum o transporte de animais e cargas, sendo possível encontrar ainda hoje nos municípios pratos que remetem à culinária tropeira, como o virado e receitas à base de carne de porco. Remetendo ao período de colonização, também é possível encontrar delícias da culinária europeia. Tem biscoitos de polvilho, paçoca de carne, tortas holandesas e muito mais. Em cada cidade uma iguaria diferente para agradar a todos os tipos de paladares.

 

 

 

 

Colônia Witmarsum, Palmeira
Colônia Witmarsum, Palmeira - Foto: Pref. de Palmeira

 

Parque Estadual do Guartelá, Tibagi - Foto: Leonardo Frederico Sguarezi / Acervo EPR
Parque Estadual do Guartelá, Tibagi - Foto: Leonardo Frederico Sguarezi / Acervo EPR