Balões mudam a paisagem do Parque de Vila Velha
15/10/2019 - 13:50

Quem foi até o Parque Estadual de Vila Velha neste domingo (13) viu um cenário diferente. Cerca de 10 balões de diversos tamanhos e formatos coloriram o céu na 1ª Revoada de Balões. As decolagens aconteceram em uma área restrita. O evento experimental teve o objetivo de mostrar a viabilidade de se implantar voos permanentes no local, mais uma atração para conquistar visitantes e fomentar o turismo e a economia local.

O voo aconteceu pela manhã, às 7h30. Outra revoada prevista para a tarde foi cancelada em função do vento não favorável e da garoa.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior prestigiou o evento e disse que o investimento no turismo ambiental é a tendência mundial. “Os Campos Gerais têm um grande potencial para o turismo de natureza. Vila Velha é um patrimônio paranaense e este tipo de atividade atrai turistas do mundo todo”. Ele reforçou que, além da visita às atrações, a economia é movimentada no comércio local e rede hoteleira.

Ratinho Junior acrescentou que o modelo de concessão que está sendo licitado para o Parque de Vila Velha é baseado em um modelo que já dá resultados. “Vai funcionar como no Parque Nacional do Iguaçu, que já tem 20 anos de concessão e vem melhorando a cada ano, tanto nas atrações como na preservação. A ilha de Fernando de Noronha também serve de exemplo. Estamos trazendo o que há de mais moderno no mundo nesta área”.

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, destacou a importância do Parque de Vila Velha para o município, e também do novo modelo de administração que será adotado. “Esta concessão valoriza o que temos de mais bonito na nossa região e mostrará os Campos Gerais para o mundo. Ela vai permitir não só outros eventos de balonismo como as demais atividades de turismo ambiental, movimentando a economia da cidade e gerando emprego e renda”, disse. “Com a ampliação dos voos para Ponta Grossa e novos investimentos hoteleiros, certamente a região será potencializada", salientou Rangel.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, também falou sobre a concessão para a iniciativa privada. “É um momento histórico, e o evento de balonismo é uma demonstração de como será o parque daqui para frente. Diversas atrações que vão gerar emprego, renda e melhoria da qualidade de vida da população sem abrir mão da preservação ambiental”, disse Nunes.
 

NOVIDADE - O evento de balonismo aconteceu na área de lazer do Parque de Vila Velha e, ao longo do dia, cerca de 2,5 mil pessoas prestigiaram a atração. O advogado Eliton Marques, de 32 anos, aproveitou o domingo para visitar o parque pela primeira vez. Morador de Imbituva, ele levou a esposa e o filho para ver os balões. “Chama a atenção, principalmente das crianças. Gostei muito do parque e do evento. Isso deveria acontecer mais vezes, certamente vai atrair muita gente para ver”.

A estudante Andressa Rodrigues, de 22 anos, moradora de Ponta Grossa, já conhecia o parque mas nunca tinha visto um evento de balonismo de perto. “É uma atração bem diferente, chamativa. Tem que trazer esse tipo de atividade mais vezes para o parque para estimular o turismo da região”.

CONCESSÃO - A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo publicou no começo de setembro o edital do processo de concessão do parque. A disputa, aberta até 23 de outubro, é dirigida a empresas interessadas em investir na melhoria da estrutura da área e do seu entorno, potencializando os atrativos turísticos do local.

O intuito é repassar a gestão das lanchonetes, dos ingressos, do estacionamento e dos passeios para a iniciativa privada, com potencial de economia de R$ 4 milhões por ano aos cofres públicos.

O parque de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de 3 mil hectares e diversas atrações, entre elas os arenitos, furnas e a Lagoa Dourada. De janeiro a julho deste ano, 34 mil pessoas visitaram o local – uma média de 4,8 mil por mês. O parque recebeu mais de 65 mil visitantes em 2018.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou neste ano o projeto de lei que autoriza o Governo a conceder a exploração de uso, total ou parcial, de áreas comuns nos 64 parques estaduais e nas unidades de conservação do Estado. A medida é importante para fomentar o turismo e gerar novos atrativos no Paraná em parceria com a iniciativa privada.

BALONISMO - O balonismo é uma das modalidades dos Jogos de Aventura e Natureza, lançados pelo Governo do Paraná neste ano. São 29 modalidades esportivas e disputas que acontecem em 26 municípios. As cinco etapas da competição (três já aconteceram) reunirão 200 mil pessoas, entre atletas, dirigentes de federações esportivas e a comunidade que acompanha as disputas.
 

Fonte: ANPr - http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=104158

IMAGE GALLERY