Morretes

Morretes
Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo

 

MORRETES

Morretes é uma charmosa cidade entre a Serra e o Litoral do Paraná, repleta de casarões preservados e restaurantes, que têm o barreado como prato típico. É ideal também para quem quer descansar e ir ao encontro do verde das montanhas, do ar puro das cachoeiras, de bosques, de recantos ainda inexplorados e das belezas naturais do imponente Marumbi e do Rio Nhundiaquara.

A população estimada, segundo o IBGE, é de 16.366 pessoas. A cidade, fundada pelos jesuítas em 1733, às margens da Baía de Paranaguá, tem construções históricas bem preservadas e que hoje abrigam museus e espaços culturais. Já nos arredores, a natureza oferece uma gama de atividades para quem curte esportes de aventura.

 

Cidade Histórica
Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo

 

O QUE FAZER

Icone Camping


DESCANSAR E CURTIR A NATUREZA

Morretes tem pousadas familiares e aconchegantes, que deixam os visitantes em contato direto com as belezas naturais da Serra do Mar. Lugares ideais para quem quer fugir dos grandes centros urbanos.

Icone Boia-cross


AVENTURA

Caminhadas pela Serra do Mar que levam aos saltos dos Macacos e da Fortuna; os trekkings no Parque Estadual do Marumbi; e o boia-cross pelas águas geladas do Rio Nhundiaquara são algumas das opções para quem curte aventura em meio à natureza.

 

DICAS

PICO DO MARUMBI
Ideal para quem curte montanhismo. Composto de 8 cumes, o pico inclui o Monte Olimpo, com 1.539 metros. É um dos pontos preferidos dos turistas para a prática do montanhismo. O conjunto se destaca pela altura, que oferece lindas vistas, e pelas trilhas íngremes. Conta com opções de escaladas em todas as modalidades e graus de dificuldades.

PASSEIO DE TREM
O passeio de trem pela Serra do Mar é uma experiência inesquecível e um dos tours mais conhecidos e procurados do Brasil. A construção da estrada de ferro é uma obra prima da arquitetura, concluída em mais de cinco anos. No trajeto, você terá a oportunidade de passar por diversos túneis, viadutos e pontes, ver a natureza de perto, sentir o cheiro das flores, ver lindas paisagens, como rios e cachoeiras, e trechos preservados da Mata Atlântica. O passeio tem duração de mais de 3 horas, e é monitorado por guias especializados, que narram durante a toda a viagem a história e as principais atrações. É ideal para casais, famílias e grupos da terceira idade.
 

Passeio de Trem
Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo

 

Mapa de Morretes

LUGARES MAIS VISITADOS

Centro Histórico
Ponte Velha

 

 

PASSEIOS

Curva da Preguiça
Foto: Prefeitura de Morretes

Curva da Preguiça
Local onde preguiçosamente o Rio Nhundiaquara acompanha a Estrada da Graciosa. Privilegiada pela natureza, é muito apreciada por pescadores e banhistas e para a descida com boias nas corredeiras. Pode ser um dos pontos de partida para descida de boia-cross e para o Salto do Tombo d'Água, cachoeira de aproximadamente 15 metros, de fácil acesso, num percurso de 45 minutos. Nesse local, você pode avistar ruínas das comportas de engenho.

 

Caiaque
Foto: Banco de Imagens

Poço do Belga
Local aprazível para banho e passeios de caiaque no Rio Nhundiaquara. O acesso é pela Estrada do Capituva, entre Morretes e Antonina. Existe a possibilidade de seguir até Porto de Cima por trilhas na mata nativa, que permitem a contemplação de muitos pássaros e animais silvestres.

 

Ponte sobre o Rio Catira
Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo

Rio Mãe Catira
Rio de águas geladas e transparentes. Atravessa a Estrada da Graciosa, na região ao pé da serra, e logo abaixo se conflui com o Rio São João para formar o Rio Nhundiaquara. O acesso pode ser feito pelo Recanto Mãe Catira, na Estrada da Graciosa.

 

Santuário Nhundiaquara
Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo

Santuário Nhundiaquara
Privilegiado pela natureza, é um parque ecológico com 400 hectares e completa infraestrutura de alimentação, vestiários, guarda-volumes e estacionamento. Possui piscina infantil, piscina natural, toboágua de 140 m de descida que corta a vegetação e desemboca nas águas do Rio Nhundiaquara e cachoeiras, cascatas e trilhas. Localiza-se na Estrada das Prainhas, Km 2 - Porto de Cima.

 

Como Chegar Morretes
Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo

COMO CHEGAR

Morretes está a 70 km de Curitiba. É possível chegar pela BR 277, pela Estrada da Graciosa e de trem.

 

Onde Ficar Morretes
Foto: Aldo Carvalho / Paraná Turismo

ONDE FICAR

Morretes oferece várias opções de pousadas, desde as mais simples até as mais sofisticadas, com piscina, hidromassagem, quadras esportivas etc. O visitante ainda pode optar por ficar no centro histórico ou mais afastado, cercado pela natureza exuberante da região.

 

Barreado
Foto: Paraná Turismo

GASTRONOMIA

Uma das grandes atrações gastronômicas da cidade é o barreado, prato típico oficial do Paraná. Foi criado em Açores e levado para a região pelos portugueses há mais de 300 anos. No centro histórico, o visitante encontra vários restaurantes, à beira do rio Nhundiaquara, que servem o prato típico da cidade.

Morretes também é a terra da cachaça artesanal, o qual é considerado um dos principais produtos da cidade.

 

 

GALERIA DE IMAGENS

  • Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Morretes
    Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo
    Foto
    Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo