O Paraná

 

VIVA TUDO O QUE O PARANÁ PODE OFERECER

Parece que o Paraná foi feito para surpreender você. O Estado é maior que muitos países, como Uruguai, Grécia, Áustria e Portugal. Quando a gente pensa no território, é fácil entender por que o Paraná tem opções que agradam a todos: praias de água salgada e doce, campo com o charme do interior, ilhas que podem ser chamadas de paraísos, a estrutura das grandes metrópoles e também natureza exuberante. São cerca de 90 unidades de conservação, recantos onde a Mata Atlântica está preservada. Tudo por aqui é de encher os olhos.
 

Ilha do Mel
Ilha do Mel - Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo


No coração do Sul do Brasil, faz divisa com Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e São Paulo, e fronteira com a Argentina e o Paraguai. A hospitalidade do povo paranaense é uma atração à parte. Nem poderia ser diferente, pois a história do Estado é um mosaico étnico-cultural. Índios, negros, italianos, holandeses, alemães, poloneses, ucranianos, portugueses e japoneses fizeram do Paraná o seu lugar no mundo.

Curitiba, a capital, é moderna, sofisticada e cosmopolita. É um retrato da diversidade, com circuito histórico, cultural e gastronômico, além de arquitetura e culinária com influência europeia. E tem muito mais para conhecer e fazer pelo Estado. São 399 municípios, com santuários ecológicos, biodiversidade, destinos e roteiros bem-estruturados.
 

Ópera de Arame - Curitiba
Ópera de Arame em Curitiba - Foto: Acervo Prefeitura de Curitiba / Paraná Turismo


Quem vem de longe, pode escolher entre os oito aeroportos nas diferentes regiões do Estado. E quem prefere cair na estrada, dá carona para ótimos momentos. A qualidade das rodovias permite rodar e se encantar a cada curva do caminho.

Não é somente o lazer que conquista os turistas por aqui. Os negócios e eventos estão no calendário do Paraná o ano inteiro. São eventos técnicos, feiras e oportunidades que andam de mãos dadas com a indústria local forte, do comércio estruturado e da cadeia de serviços em expansão.

Venha conhecer as cidades e as belezas do Paraná. Você vai se surpreender.
 

A Taça
A Taça, Parque Estadual de Vila Velha - Foto: Prefeitura de Ponta Grossa

 

O QUE FAZER

TURISMO COM SOTAQUE PARANAENSE, PARA TODOS OS GOSTOS
 

Icone Cachoeira

No Paraná, a emoção tem cenário de filme, os cartões-postais são cachoeiras gigantes, cânions, montanhas e vales, para quem curte rafting, montanhismo, rapel, caiaque, escalada e muito mais. Nas águas, também sobram opções: pesca, jet ski, passeios de barco, mergulho e surfe...

Icone Museu

Para além do ecoturismo, do sol e das praias, o turismo cultural tem espaço nos quatro cantos do Paraná, com teatros seculares e outros moderníssimos, museus que contam a história da arte e dos povos daqui e do mundo, monumentos, galerias, centros históricos e memoriais.

Icone Folclore Dança

E não para por aí. Festas típicas, folclóricas, e celebrações religiosas são o espelho de um povo de fé, que dá valor as suas origens. O turismo rural e gastronômico completa o quadro. São tantas opções que o Paraná é um ótimo destino para diferentes viajantes.

Icone Caminhada Trecking

Famílias, mochileiros, românticos e religiosos são bem-recebidos nas 14 regiões turísticas paranaenses. Opções não faltam. Faça as malas e venha viver tudo o que o Paraná oferece.

 

 

Rafting em Sengés
Rafting em Sengés - Foto: Acervo SEBRAE - Mauro Frasson / Paraná Turismo

 

 

Mapa do Paraná

LUGARES MAIS VISITADOS

Cataratas do Iguaçu – Foz do Iguaçu
Jardim Botânico – Curitiba
Ilha do Mel – Paranaguá
Vila Velha – Ponta Grossa
Estrada de Ferro – Curitiba-Paranaguá
Itaipu – Foz do Iguaçu
Museu Oscar Niemeyer – Curitiba
Parque Arthur Thomas – Londrina
Parque das Aves – Foz do Iguaçu
Santa Felicidade – Curitiba

 

Onde Ficar PR
Foto: Paraná Turismo

ONDE FICAR

Um mundo de opções para receber bem

Os hotéis no Paraná não deixam nada a desejar para grandes destinos no mundo. As principais cidades concentram opções que vão do bed and breakfast até resorts. Mesmo em locais onde a natureza está praticamente intocada, dá para se hospedar em pousadas charmosas ou acampar e entrar no clima do lugar. Escolha seu destino e faça sua reserva.

 

Barreado
Barreado - Foto: Paraná Turismo







 

Carneiro no Buraco
Carneiro no Buraco - Foto: Paraná Turismo

GASTRONOMIA

Uma viagem pelos sabores paranaenses

Os pratos típicos paranaenses têm sabores que são verdadeiras viagens pela cultura e história do Estado. O mais conhecido, sem dúvida alguma, é o barreado do Litoral do Paraná. De origem açoriana, historiadores indicam que a iguaria pode ter sido criada para matar a fome e o cansaço dos foliões do Entrudo (carnaval) – festejos de origem portuguesa que antecediam a Quaresma.

Mas a culinária tradicional paranaense tem muitos outros pratos típicos, cada um com o tempero de uma época, de um povo e de uma região. Carne de onça, carneiro no buraco, costela ao fogo de chão, entrevero de pinhão, pachola, pão no bafo, pierogi, pintado na telha, porco no rolete, porco no tacho, quirera lapeana e muito mais. É de dar água na boca.

E o Paraná ainda tem mesas reservadas para quem gosta da gastronomia contemporânea e das comidinhas da moda. Não faltam restaurantes, bistrôs e botecos - para todos os gostos e bolsos.

Venha saborear os diferentes cardápios dos quatro cantos do estado.

 

DICAS

ANTES DE LIGAR NA TOMADA, ATENÇÃO!
Aqui no Paraná, a voltagem é 110. Mas quem deseja garantir boas lembranças na volta para casa, deve informar-se. Pois alguns estabelecimentos, hotéis ou residências podem contar com rede 220 volts. Para garantir que você não acabe queimando um eletrônico na viagem, é bom colocar um conversor na bagagem.

O CLIMA CERTO PARA APROVEITAR
Nem só do famoso tempo frio de Curitiba vive o Paraná. Apesar de ter a capital mais gelada do Brasil, o Estado também registra temperaturas altas. Nas regiões Norte, Noroeste e Oeste, o calor não é raridade. Durante o verão, é comum os termômetros girarem em torno dos 30 graus em cidades como Londrina (Norte), Maringá (Noroeste), Paranavaí (Noroeste) e Foz do Iguaçu (Oeste). Como a variação térmica é pequena nessas localidades, as temperaturas médias durante o ano são mais elevadas: entre 18 e 27 graus. Quem viaja para lá não precisa lotar a mala de casacos.
 

Praia de Matinhos
Praia de Matinhos - Foto: Acervo SEBRAE - Priscila Forone / Paraná Turismo


VENHA TRANQUILO. É FÁCIL CHEGAR VOANDO AO PARANÁ
Para decolar ou pousar por aqui, você tem várias opções. São dois aeroportos internacionais: o Afonso Pena em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba; e o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Todas as regiões também são bem servidas de voos comerciais nos outros seis aeroportos em operação no Estado, nas cidades de Cascavel, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa e Toledo.

DEVO DAR GORJETA?

No Paraná, em geral, são cobrados 10% do total da conta como taxa de serviço. O valor pode estar incluso na fatura ou ser calculado à parte pelo consumidor. O pagamento não é obrigatório. O costume é deixar a taxa de serviço em cima da mesa, em separado, ou entregá-la ao garçom. Quando calculada no total da fatura, paga-se diretamente no caixa. Em hotéis, bares, restaurantes e táxis, as gorjetas não são incluídas. Porém, é de bom tom contribuir com os funcionários, caso o turista deseje.
Algumas casas noturnas e bares cobram entrada ou couvert artístico, algo que não se confunde com a taxa de serviço.